segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Lendo Catherine Ponder

Adquirindo bons livros!
 
Dentre eles O Poder Próspero do Amor.
 
A autora é Catherine Ponder, uma escritora e uma líder espiritual que prezo muito.
 
Escreveu o clássico Leis Dinâmicas da Prosperidade.
 
Ela é pregadora da Igreja Unity; mulher de grande talento oratório, que ensina sagradas lições para termos uma vida de prosperidade e sucesso.
 
Diz Catherine Ponder que uma das dimensões do amor é saber lidar com as pessoas, e isso é uma habilidade que responde por 85% do sucesso de uma pessoa.
 
 O amor tem prósperos poderes!

O Lar da Prosperidade Infinita

Masaharu Taniguchi foi um sábio iluminado, fundador da Seicho-No-Ie.
 
Seicho-No-Ie significa Lar da Prosperidade Infinita.
 
É uma profunda e bonita religião.
 
Aprecio seus ensinamentos.

Deus me deu a boa sorte de gostar de ler

Deus me deu a boa sorte de gostar de ler, e isso eu cultivo desde criança.
 
É um hábito louvado por séculos e mais séculos pelos benefícios que traz à inteligência humana.
 
Mesmo com o advento do facebook, do whatsaap, etc,; mesmo com os apelos televisivos, mantenho intacta a minha amizade com os livros.
 
Leio pelo simples prazer de ler.
 
Ler é o meu relaxamento, minha meditação, meu ato concentrativo.
 
A leitura, o estudo, é o meu padre, é o meu psicólogo, é o meu pastor, é o meu mentor, é o meu líder, é o meu conselheiro.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

A excelência interior

Epicteto foi um filósofo grego que viveu no século I d.C.
 
Foi um sábio de grande eloquência.
 
Aconselhava seus alunos que era vital aprender a 'pensar com clareza', a 'argumentar com solidez' e a 'viver uma vida virtuosa'.
 
A tudo isso ele chamava de 'excelência interior'.

As várias dimensões do sucesso

Mais um belo livro do pensador indiano Deepak Chopra, As Sete Leis Espirituais do Sucesso:
 
"São muitos os aspectos do sucesso.
 
 A abundância material é um dos fatores que tornam a vida mais prazerosa.
 
Mas o sucesso inclui saúde, energia, entusiasmo pela vida, relacionamentos compensadores, liberdade criativa, estabilidade física, emocional, bem-estar e paz de espírito".

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

As energias prazerosas da prosperidade e da abundância

Livro muito bonito do filósofo indiano Deepak Chopra. Traz em suas páginas energias prazerosas de prosperidade e abundância.
 
Algumas frases que extraí do livro:
 
"A gratidão e a generosidade são atributos naturais de uma mente voltada para a prosperidade".
 
"Procure ser feliz e tudo o mais vem naturalmente".
 
"A ausência de respeito, cortesia, gentileza, educação, boas maneiras cria um estado de pobreza, não importa quanto dinheiro se possui".
 
"Intuição - sussurro de Deus".
 
"Cesse o barulho de sua mente e as portas da inteligência e da prosperidade se abrirão".
 
"Sem valores existe confusão e caos. Quando os valores se desintegram, tudo se desintegra. A saúde desaparece, a pobreza supera a prosperidade, sociedades e civilizações desmoronam".

O ego é bom até um certo ponto

O ego é muito importante até um certo ponto da vida.
 
 Um jovem sem ambição, sem sonhos, sem um certo orgulho ou vaidade, é um jovem quase morto, de energia pálida.
 
Já uma pessoa mais madura com um ego muito grande, não pega bem; está estacio...nado no desenvolvimento mental, está chupando bico. 
 
Algumas coisas que eu consegui na minha profissão foi devido ao meu ego.
 
Agora, chega um certo ponto da vida que o ego é um obstáculo, já não tem muito a oferecer, se torna um brinquedo de criança.
 
 É preciso ir além, é preciso transpor com coragem e determinação o ego, destroná-lo, para desfrutarmos algo maior, para percebermos o sentido mais sublime, profundo e belo de nossa presença aqui na terra.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

O advogado da nova era

Nesta nova era, nestes novos tempos, aos 10 Mandamentos da nossa profissão, de Eduardo Couture, faz-se essencial acrescentar mais um, o 11°:
 
MEDITA: Silencia a tua mente para que ela se torne uma fonte iluminada e poderosa de eloquência, sabedoria e percepção a serviço do direito, da verdade, do bem, da justiça, da liberdade e da paz.

Feliz Dia do Advogado: que o entusiasmo não nos falte!

Hoje, Dia do Advogado.
 
Meu coração manifestou gratidão a Deus pelo entusiasmo que tenho de fazer parte desta nobreza que se chama advocacia.
 
Parabéns caros advogados e advogadas!
 
Que o entusiasmo - esta energia motivadora, movedora e criadora de Deus dentro de nós - não nos falte!

sábado, 9 de agosto de 2014

Nas alturas do espírito da advocacia

7° Mandamento: Tem paciência (as coisas acontecem no tempo certo; lembre-se sempre das palavras de Salomão).
 
8° Mandamento: Tem Fé (no direito, na razão, na paz, na justiça, na liberdade...).
 
9° Mandamento: Esquece (as vitórias, as derrotas, as mágoas, o passado; vive o agora, o presente).
 
10° Mandamento: Ama a tua profissão (essencial imperativo para se penetrar nos segredos da advocacia).

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Advocacia e tolerância

6º Mandamento da Advocacia: TOLERA.
 
A tolerância é a grande virtude social e política do homem civilizado.
 
Por falta de tolerância há guerras, preconceitos, discriminações, perseguições, violências, barbaridades, tolices e insanidades de todo tipo.
 
 Uma das mais belas defesas criminais de todos os tempos foi desenvolvida pelo gênio do filósofo Voltaire, do qual intitulou-a Tratado sobre a Tolerância, pois foi devido ao fanatismo e à cegueira do espírito que um tremendo erro judiciário marcou a França do século XVIII.
 
Tolerância, no sentido que estamos falando, é luz, é consciência, é uma forma de fraternidade e respeito das mais valiosas na vida de um advogado, faz parte da nobreza e da missão da advocacia, e é essencial para a sobrevivência e a convivência fraterna do homem na terra.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Advogado leal

5º Mandamento do Advogado: Sê leal.
 
A lealdade é a própria base do edifício moral da advocacia.
 
Deve o advogado ser leal ao direito, leal à verdade, leal à ética, leal para com o cliente, leal para com o adversário, leal para com o juiz, leal à sua própria consciência.
 
Diz Eduardo Couture:
 
"Sem lealdade melhor seria para o advogado não sê-lo, porque sem lealdade o advogado trai a si mesmo; e confiança não merece quem é capaz de trair a si próprio".

Advogado combativo

Nesses dias, em homenagem a proximidade do Dia do Advogado, falei do primeiro mandamento da advocacia: Estuda; do segundo mandamento, Pensa; do terceiro, Trabalha. Hoje falo do quarto, LUTA.
 
Esse mandamento expressa a dimensão guerreira e apoteótica da profissão. Um processo é uma batalha dialética, uma espécie de campo de guerra de ideias, estratégias e mobilizações, provas e contraprovas.
 
A leitura do livro A Arte da Guerra, de Sun Tzu, é bem apropriado para que o advogado desenvolva sua sagacidade e visão no campo de guerra.
 
Um dos clássicos livros do direito é intitulado A Luta pelo Direito, de Rudolf Von Ihering.
 
Sobral Pinto ensinava: "Não existe advogado sem pugnicidade".
 
Algumas vezes, sentindo-me abatido no Tribunal do Júri, lembrava: tenho que continuar lutando, não posso me acovardar, tenho que batalhar, pugnar; se cair, caio com dignidade, se perder, perco com honradez; e no mais das vezes encontrava as forças de que eu precisava para superar a apatia e e ser um vitorioso!

Advogado trabalhador

Lendo o 3º Mandamento do Advogado: TRABALHA.
 
Diz o autor dos mandamentos, Eduardo Couture, que "um homem laborioso e inteligente costuma vencer.
 
A advocacia exige do profissional esforço físico e mental, sistema nervoso equilibrado, sagacidade, altivez, energia, previsão, autoridade moral e fé absoluta na vitória.
 
A opinião pública julga o trabalho do advogado pela dedicação e pela energia que ele deposita em suas causas à maneira dos campeões olímpicos". 
 

Advogado pensador

2º Mandamento do Advogado: PENSA.
 
Diz Eduardo Couture que "no pensamento do advogado deve operar a intuição, a inteligência, a sensibilidade e a experiência".
 
O advogado é um pensador; e sem essa qualidade do saber pensar, do saber elaborar, dificilmente será reconhecido como um profissional de talento.
 
Firmeza no pensamento, pensamento meditativo, pensamento intuitivo, pensamento claro e lógico, pensamento positivo, pensamento compassivo, são algumas qualidades excelsas do pensamento que todo bom advogado deve procurar acessá-las para o bem de seu crescimento pessoal e profissional.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Advogado: eterno estudante

Bem-vindo agosto. Dia 11 comemoraremos o Dia do Advogado.
 
E já nesta força benéfica para o progresso da humanidade, que é a advocacia, quando exercida com ética e consciência, dedicarei minhas postagens para homenagear tão bela e grandiosa profissão.
 
Hoje, cito os Mandamentos do Advogado, com ênfase para o primeiro mandamento: "Estuda".
 
Sem esse imperativo, sem o estudo, sem a leitura, sem o labor intelectual, considere-se cada dia menos advogado.
 
Aliás, passe a sentir até um pouco de vergonha ao ser chamado de advogado.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Paz salomônica

Ensinava Salomão aos seus discípulos: "Resolva o conflito antes que surja o conflito".
 
Uma verdadeira ciência da paz e do direito.
 
Por isso Salomão era chamado de O Pacificador.
 
Viver na paz é viver no Paraíso.

A matemática no júri

"Tudo é número", dizia o filósofo Pitágoras.
 
E pergunta-se: quantos erros não são cometidos usando-se sofismas, falácias matemáticas? Quantos erros não são cometidos usando a autoridade dos números, das probabilidades, da lógica dedutiva, no dia a dia das empresas, da política, da propaganda e até dos julgamentos, como estratégias de manipulação?
 
Certa vez um promotor divulgava no júri que a vítima tinha recebido 4 facadas. Eu dizia que ela tinha recebido só 1, que as outras 3 facadas de que falava o promotor era manipulação dos números; eu explicava ao Conselho de Sentença que as outras 3 facadas, na verdade, eram arranhões decorrente do confronto físico entre réu e vítima - da dinâmica dos fatos.
 
Existiria repercussão na decisão dos jurados se realmente fossem 4 facadas desferidas na vítima. O júri entendeu que foi 1 apenas e reconheceu a tese da legítima defesa. Esse livro que estou lendo, A Matemática nos Tribunais, de Leila Schneps e Coralie Colmez,  é muito interessante: ele fala de dez julgamentos onde o emprego errado da matématica foi crucial para o cometimento de erros judiciários.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Vocação e genialidade


"Eu fui advogado sem vocação por um período de ano; nunca sofri tanto na minha vida". (Ariano Suassuna, poeta e escritor brasileiro)

Só quem tem vocação tem o potencial para ser um gênio numa determinada área do saber.

 
Ariano Suassuna, por não ter vocação, não foi um gênio da advocacia; mas por ter vocação, Suassuna foi um gênio da literatura nacional.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

A arte de julgar segundo os sábios e poetas

Há um tempo atrás Rubem Alves ministrou uma palestra para advogados e juristas com o tema A Arte de Julgar.
 
Um poeta, um teólogo, um psicanalista ensinando a arte de julgar? E quem disse que a arte de julgar é posse dos juristas e juízes?
 
A arte de julgar é posse dos sábios, porque os sábios sabem ouvir, sabem perceber, sabem intuir, sabem ver além.
 
E a arte da oratória? Também, meu amigo, é posse dos sábios, pelas mesmas razões que fazem deles os reais herdeiros da arte de julgar. Morreu Rubem Alves!

sábado, 19 de julho de 2014

"Você tem a mente aberta"

Você tem a mente aberta", disse o jovem Dalai Lama a Heirich Harrer, em diálogo real que foi reproduzido no filme Sete Anos no Tibet.
 
Ou seja, você é inteligente, você tem a mente receptiva, você não está fechado, entupido, você tem a mente aberta.
 
Assim, você pode aprender, evoluir, enriquecer sua vida interior, ver e sentir como é grande e infinita as coisas de Deus - que está muito além de de seu ego, de seus dogmas e de suas crenças limitantes.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Em parceria com Raul Seixas


"Pedro, as coisas não são bem assim - você pensa que é, mas não é;

Há tantos caminhos, tantas portas - e você acha que só existe o seu;
...
Cada um de nós é um universo - e você se limita tanto...;

Não me critique como eu sou - olhe para você mesmo, deixe eu ser eu;

Você sempre usa o mesmo terno - mude-se, amplie-se, expanda-se;

Pedro, as coisas não são bem assim - deixe de ilusão, Pedro".

______________Sanderson Moura


Flexibilidade: sinal de inteligência

Flexibilidade: uma virtude intelectual, sinal de inteligência, de raciocínio vívido.
 
Sem ela, a flexibilidade, não se pode dizer que uma pessoa seja inteligente.
 
Será sim, sem ela, a flexibilidade, um dogmático, um engessado, um sabichão, um homem limitado e sem carisma, enjaulado em suas verdades e convicções.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

A reforma do código de ética e a reforma íntima do advogado

Recebi, do Presidente Nacional da OAB, doutor Marcus Vinicius Furtado Coelho, uma carta solicitando-me sugestões para a Reforma do Código de Ética e Disciplina da Advocacia.
 
Gosto de nossa legislação profissional e pouca coisa vejo, na essência, que necessite de grandes reformulações.
 
Hoje acredito mais na reforma íntima do indivíduo do que em reformas de leis.
 
Nosso Código diz algo muito bonito e substancial: "é dever do advogado empenhar-se, permanentemente, no aperfeiçoamento pessoal e profissional".
 
O advogado que não pratica isso por si só se mediocriza, se amesquinha, se desvaloriza, se pune, se destrói.

sábado, 5 de julho de 2014

Florindo: um grande líder da advocacia acriana

Morre um líder da advocacia acriana, reconhecido por seus amigos e oponentes como uma referência extremamente positiva na reconstrução da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre.
 
Nós, advogados acrianos, devemos muito a florindo Poersch. Embora em lados opostos, sempre mantivemos uma relação de respeito e mútua consideração.
 
A ele a minha gratidão e o meu reconhecimento pelo profissional vitorioso e grander líder que foi. Que a luz de Deus oriente seus passos na outra vida!